Secretaria de Tributação

Coletiva na SET-RN anuncia regras para transporte intermunicipal gratuito nas eleições

ASSESSORIA DE IMPRENSA     25/10/2022

Uma reunião na Secretaria Estadual de Tributação definiu as regras para que os eleitores do Rio Grande do Norte tenham acesso gratuito aos locais de votação no próximo domingo (30), quando ocorre o segundo turno das eleições deste ano. O funcionamento será distinto para quem utiliza o transporte urbano entre os municípios da Região Metropolitana de Natal e para o intermunicipal rodoviário com destino às demais cidades do interior. Nesse último caso, as passagens devem necessariamente serem adquiridas previamente até as 22h do dia 28, mediante título de eleitor. A estimativa é que o governo invista em torno de R$ 400 mil para assegurar que os potiguares tenham gratuidade no deslocamento até o domicílio eleitoral.

A operacionalização do passe livre foi anunciada no fim da tarde desta segunda-feira (24), durante uma coletiva de imprensa, que reuniu na Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN), a diretora geral do DER, Natécia Nunes, o secretário da Tributação, Carlos Eduardo Xavier, a assessora jurídica do Gabinete Civil, Luciana Daltro, e empresários do setor de transporte, representados pela Fetronor, Sintra, Atomp e Aspetrans. Todos os detalhes apresentados aos jornalistas constarão em portaria, publicada na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) de hoje.

Segundo Carlos Eduardo Xavier, os eleitores de Natal e região poderão utilizar livremente, durante o domingo (30), os ônibus e vans do transporte alternativo metropolitano sem necessidade de apresentação de qualquer documento. "Será utilizado o sistema já existente com aumento de 30% da frota que normalmente fica em operação. O governo quer garantir o acesso de todos os cidadãos aos locais de votação", diz o secretário.

O mesmo vai ocorrer com o transporte intermunicipal que interliga as principais cidades do interior do Rio Grande do Norte e capital. Não serão criados trajetos ou linhas extras. O serviço será o mesmo com trechos já ofertado regularmente pelas empresas, no entanto, a frota poderá ter um acréscimo de 100% conforme o aumento da demanda. De acordo com informações das empresas, foram emitidos cerca de 15 mil bilhetes no primeiro turno das eleições e a estimativa é que esse número pode chegar até 30 mil com a gratuidade leia na íntegra

Voltar para a página anterior voltar topo