Secretaria de Tributação

Operação Linha Reta 3 resulta em R$ 1,4 milhão em mercadorias apreendidas

ASSESSORIA DE IMPRENSA     23/11/2021

As apreensões das mercadorias irregulares ocorreram principalmente no Seridó e na região Oeste dentro da terceira fase da Operação Linha Reta, que finalizou neste domingo (21). No total, foram detidos produtos sem nota fiscal avaliados em R$ 1,4 milhão


A Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN) e a Polícia Rodoviária Federal apreenderam R$ 1,4 milhão em mercadorias que estavam sendo transportadas pelas rodovias do Rio Grande do Norte. Esse foi o resultado da terceira etapa da Operação Linha Reta, que iniciou no dia 18 e encerrou no domingo (21), em várias regiões do estado. Na região Oeste, a força tarefa entre os dois órgãos chegou a apreender 84 mil litros de álcool combustível no valor de R$ 480 mil.

Porém, as maiores interceptações foram na área de artigos de confecção. As equipes apreenderam 285 fardos contendo esses produtos – o equivalente a R$ 850 mil - na região Oeste. Nas três fases da operação, o volume apreendido ultrapassa  R$ 5 milhões. As confecções lideram o ranking de irregularidades fiscais pelos cálculos do Fisco Estadual.

As equipes da SET-RN e da PRF montaram barreiras em pontos estratégicos das rodovias do estado onde há intenso fluxo de cargas. O objetivo da Operação Linha Reta é prevenir delitos e combater a sonegação fiscal, que é considerada um crime contra ordem tributária. Além de roupas e combustível, também foram autuados gêneros alimentícios e outras mercadorias, que totalizaram R$ 70 mil. A realização da Operação Linha Reta Fase 3 evitou uma sonegação fiscal da ordem de R$ 445 mil, entre imposto sonegado e multas, que seriam desviados dos cofres públicos pelo não recolhimento do ICMS devido.

Voltar para a página anterior voltar topo